Tem alguma notícia?   Ligue agora  (71) 99987-0469

16/12/2019

Sobre


Da Chapada para o Litoral

Essa semente que está brotando agora, com o lançamento de O Candeeiro na web, na verdade foi plantada em 1979, quando dois jornalistas aventureiros (José Eduardo dos Santos e Everildo Pedreira) fundaram em Seabra, na Chapada Diamantina, o jornal Tribuna da Chapada, o pioneiro da região.
Do longínquo junho de 1979 até hoje, muita coisa mudou na Bahia e no Brasil. A Bahia era governada por Antônio Carlos Magalhães, um dos últimos governadores que serviram à Ditadura Militar, que tomava conta do país, onde a imprensa era censurada e a liberdade de expressão combatida pelo governo Geisel.
O tempo foi passando e os dois jovens jornalistas, depois de cinco anos em Seabra, tomaram rumos diferentes. José Eduardo veio morar em Salvador e em 1993, fincou bandeira em Candeias onde atuou nas assessorias de imprensa da Prefeitura, da Câmara Municipal e, da CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas, e foi redator do jornal Folha do Recôncavo, que circulava na época.
Depois de mais de dez anos labutando na imprensa e participando ativamente da vida política de Candeias, José Eduardo, com o apoio de vários amigos da sociedade candeense, resolveu, em 2005, fundar o jornal O Candeeiro, que de lá pra cá, vem circulando initerruptamente todos os meses.
Agora, o jornal O Candeeiro irá iluminar também na web. Mantendo sua luz acesa, o periódico mais lido da região metropolitana e recôncavo baiano está disponível na rede mundial de computadores, para ser acessado em qualquer lugar do mundo, a um click de distância.
Mantendo a fidelidade com a verdade e a ética, O Candeeiro migra para a Internet, antenado com a tecnologia e se aproximando cada vez mais de seu público. Navegue nessa nova experiência, com a confiança de quem tem mais de uma dezena de anos noticiando, comentando e divulgando o que acontece de importante no mundo da política e da sociedade, trazendo pontos de vista sobre a conjuntura e reflexões sobre a vida. Preservando os velhos parceiros e inovando em seu formato, O Candeeiro se consolida entre os meios de comunicação mais respeitados da Bahia. Antes de acreditar em fakenews, leia O Candeeiro e fique a par da realidade. O nosso jornal impresso continuará circulando, O Candeeiro online será mais uma ferramenta de Informação com Clareza. Caro leitor, esperamos continuar contando com a sua confiança, e agora, com a sua audiência.

José Eduardo dos Santos
Editor